15 de outubro: Dia dos Professores – Nosso Idioma

O professor se liga à eternidade. Ele nunca sabe onde cessa sua influência. (Henry Adams)

Eu nunca me esqueci de alguns professores que me ensinaram a aprender. Eu me lembro da minha professora da segunda série e de como eu ficava ansiosa por encontrá-la todos os dias. Eu ainda tenho as marcas do meu primeiro professor de literatura, às vezes, eu ainda escuto sua voz.

No dia 15 de outubro, no Brasil, comemora-se o dia do professor e muitas serão as formas de lembrar coletivamente a importância desse profissional na vida das pessoas. A seleção dessa data se deu porque D. Pedro I, no ano de 1827, decretou que vilas, cidades e lugarejos do Brasil, criassem as “Escolas de Primeiras Letras”. Em 1947, professores do antigo Ginásio Caetano de Campos, em São Paulo, tiveram a ideia de fazer desse dia um feriado.

Para comemorar essa data, eu gostaria de lembrar as ideias do professor, que para mim, foi o mais importante da história do Brasil: Paulo Freire. Dentre suas várias contribuições, há um pequeno livro, Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa, do qual eu copio os tópicos de cada capítulo:

Não há docência sem discência Ensinar exige rigorosidade metódica, Ensinar exige pesquisa, Ensinar exige respeito aos saberes dos educandos, Ensinar exige criticidade, Ensinar exige estética e ética, Ensinar exige a corporeificação das palavras pelo exemplo, Ensinar exige o risco, a aceitação do novo e rejeição de qualquer forma de discriminação, Ensinar exige reflexão crítica sobre a prática, Ensinar exige o reconhecimento e a assunção da identidade cultural.

• Ensinar não é transferir conhecimento Ensinar exige consciência do inacabamento, Ensinar exige o reconhecimento de ser condicionado, Ensinar exige respeito á autonomia do ser do educando, Ensinar exige bom senso, Ensinar exige humildade, tolerância e luta em defesa dos direitos dos educadores, Ensinar exige apreensão da realidade, Ensinar exige alegria e esperança, Ensinar exige a convicção de que a mudança é possível, Ensinar exige curiosidade. Ensinar é uma especificidade humana Ensinar exige segurança, competência profissional e generosidade, Ensinar exige comprometimento, Ensinar exige compreender que a educação é uma forma de intervenção no mundo, Ensinar exige liberdade e autoridade, Ensinar exige tomada consciente de decisões, Ensinar exige saber escutar, Ensinar exige reconhecer que a educação é ideológica, Ensinar exige disponibilidade para o diálogo, Ensinar exige querer bem aos educandos.

Há algo comum entre os professores que nunca cessaram sua influência sobre mim: todos tinham paixão pela descoberta e tinham um profundo respeito pelos alunos. Hoje, posso dizer que, de alguma forma, eles apresentaram-me essas ideias freireanas.

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
No tags yet.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square