Bolsas de estudo e viagem

As Bolsas AOTP 2018 foram atribuidas aos seguintes colegas:

“In-Motion”: língua, música e cinema - Espelhos e reflexos de/para integração cultural

Ana Lúcia Água

Glória Marques Ferreira

Ensino Básico e Secundário, Portugal

Na nossa prática pedagógica no ensino de Português como língua materna e não materna temos tido dificuldade em encontrar material didático para dinamizar o estudo da língua através de outros textos como a linguagem audiovisual e o cinema. Pretendemos, a partir da compreensão de manifestações culturais e da aquisição de competências verbais/não verbais, com base na LP, promover atividades dentro e fora da sala de aula de interpretação comparativa de textos que espelham a cultura até à criação de um Clube de Cinema, produzindo “curtas” pelos alunos. 
Visamos contribuir para (a superação da i)literacia fílmica em LP, divulgando a produção cinematográfica nas escolas (implementando o Plano Nacional de Cinema), preenchendo a carência de metodologias que permitam cruzar a aprendizagem da LP nas suas diferentes manifestações artísticas. Elaborámos material para operacionalizar trabalho colaborativo, promover a participação da comunidade educativa, (com)partilhando a diversidade cultural de forma a melhorar o desempenho, combatendo insucesso e abandono.
Esta é uma candidatura para uma oficina que respeita as orientações das referências indicadas e a experiência das proponentes. A nossa abordagem poderá ser aplicada ao ensino do Português no 3º ciclo e Sec., ou especificamente ao ensino do PLNM onde se ganharia, num movimento de integração recíproco de aquisição e transposição de competências adquiridas em LP, culminando na aplicação na(s) sua(s) própria(s) cultura(s) identitária(s).

 

Implicações pedagógicas na aquisição do português: considerações para uma instrução diferenciada aos falantes de espanhol como língua de herança

Silvana Domaz

Arizona State University, EUA

Este trabalho se concentra no ensino do português nos Estados Unidos para falantes de espanhol como língua de herança (ELH). Os objetivos são examinar a importância de tal população para os programas de português, a importância de uma instrução diferenciada, assim como investigar quais os métodos mais eficazes de aprendizagem para que os estudantes de ELH possam transferir sua competência linguística ao português. Os estudantes de ELH variam extensivamente no que se trata da sua competência e seu conhecimento linguístico do espanhol (Beaudrie, Ducar & Potowski, 2014).  Estes estudantes possuem uma ampla diversidade conforme cinco dimensões: histórica, linguística, educacional, afetiva e cultural. Em outras palavras, a maneira e a idade com que aprenderam o espanhol, o ambiente onde usam a língua, a frequência com que a usam, a educação que tiveram na língua (formal e informal) varia vastamente entre esses estudantes. Consequentemente, a maneira como aprendem o português também é diferente. Por fim, para que um programa de português para falantes de espanhol tenha sucesso é importante ter em conta: 1) o conhecimento do professor sobre o espanhol como língua de herança, e 2) a implementação de uma instrução baseada nas necessidades de cada estudante de acordo com sua diversidade histórica, linguística, educacional, afetiva e cultural.

Bolsa da AOTP para participar do VII EMEP

A AOTP – American Organization of Teachers of Portuguese tem o prazer de anunciar que vai disponibilizar quatro bolsas, no valor de $500 cada uma, a todos os membros da AOTP que queiram apresentar o seu trabalho no VII EMEP – Encontro Mundial sobre o Ensino de Português. As bolsas destinam-se a professores e estudantes que manifestem interesse, depois de verem as suas propostas aprovadas pela comissão científica, e vão ajudar a financiar as viagens dos autores. Os beneficiários concordam em reconhecer o apoio da AOTP durante as suas apresentações no VII EMEP.

Elegibilidade para a Bolsa da AOTP para participar do VII EMEP. Os candidatos devem demonstrar o seguinte:

- Ser membros da AOTP com a anuidade em dia (em caso de empate, os membros com senioridade têm precedência)

- Ter tido uma proposta aprovada pela comissão científica do VII EMEP

Procedimento

- Preencher o formulário nesta página até dia 15 de abril.

- Os resultados serão anunciados no dia 30 de abril.

- As bolsas serão entregues na sessão de abertura do VI EMEP.

Critérios de Avaliação

- Originalidade da proposta

- Qualidade da proposta

- Dedicação aparente ao ensino de português como língua estrangeira, de herança ou materna

Candidaturas

As candidaturas devem ser submetidas eletronicamente através deste formulário. Boa sorte.

Quaisquer questões sobre o processo de candidatura ou as candidaturas podem ser enviadas para info@emepsite.com.

É membro da ATOP com a anuidade em dia?
A sua proposta foi aceite?