AOTP: Em prol do ensino da Língua Portuguesa – Nosso Idioma

November 28, 2011

A AOTP tem como missão a manuntenção e expansão do ensino da Língua Portuguesa nos Estados Unidos. Para tal, a AOTP organiza oficinas e seminários para professores, auxília seus associados no processo de habilitação profissional para lecionar e articula com as Secretarias de Educação para expansão e criação de programas de português nos distritos escolares.

Um exemplo desta articulação foi o encontro com o Superintendente das escolas públicas de Miami Dade em abril de 2010 e recentemente, em novembro de 2011, com representantes da Secretaria de Educação de Palm Beach County. Muitos bons frutos serão colhidos destas reuniões, e a AOTP irá assegurar que a comunidade acompanhe o progresso de criação de programas de ensino da língua portuguesa à medida que forem surgindo.

Veja abaixo a entrevista na íntegra com o Superintendente Alberto Carvalho que acolheu a presidente da AOTP, Anete Arslanian, e seus alunos de português para uma entrevista em seu escritório.

Joyce Silva, Daniel Byrnes, Alberto Carvalho e Anete Arslanian

Alberto Carvalho cresceu pobre em Portugal e imigrou para o Sul da Flórida com a sua família quando ele tinha dezessete anos. Sua experiência como pessoa humilde lhe mostrou que “ a educação é um fator importante na transformação de vidas.” Depois de anos de trabalho duro como educador, Carvalho se tornou Superintendente em setembro de 2008.

 

1 – Por que você, um homem com tantos talentos, escolheu  educação ao contrário de outras carreiras mais lucrativas? O que inspirou você a seguir uma carreira na área de educação?

 Eu penso em educação não como um emprego ou uma carreira, mas sim como um dom. Eu acredito que ensinar jovens é uma das mais nobres profissões. As salas de aulas são, para mim, mais sagradas do que qualquer igreja, sinagoga ou mosteiro, porque nas salas de aula as crianças estão sendo beneficiadas com conhecimento, um benefício que no futuro os ajudarão a se tornar a próxima geração de líderes,  professores, profissionais de qualquer carreira que eles queiram seguir. Os valores que foram ensinados a mim, pela minha mãe e pelo meu pai, me deram uma base sólida para minha carreira em educação. Esta base me preparou para dar sempre o melhor de mim, reconhecer e cultivar o potencial que um jovem tem ou que ainda está por ser descoberto.  A recompensa para mim também  é ver o brilho nos olhos destes alunos quando eles são capazes de  descobrir o “gênio” que vive dentro deles. Existe um antigo provérbio que diz: “Se você vive uma vida digna, terá a chance de poder plantar uma semente que crescerá em uma árvore, cuja sombra você nunca irá usufruir, mas outros sim.” Este é o meu lema. Educação, para mim, é mais do que um emprego ou carreira, é uma paixão”.

2 – A você foi oferecido o cargo de Superintendente em dois distritos. O que lhe influenciou a escolher esta posição em Miami-Dade em vez de Pinellas?

Eu moro no Sul da Flórida há vinte e cinco anos. Penso que Miami é o retrato do que a América será daqui a vinte anos. Um ditado popular diz que “qualquer caridade ou trabalho beneficente começa em sua própria casa”, portanto é fácil ser um profeta em terra alheia, mas é muito mais difícil e necessário ser um profeta em sua própria terra. Como eu disse antes, Miami-Dade é minha casa, é onde meu coração está. Tive a honra de ter sido convidado para liderar as escolas do condado de Pinellas,  mas quando a Secretaria de Educação de Miami-Dade me ofereceu a posição de Superintendente, quando o distrito já estava em crise, eu achei como meu dever e obrigação aceitar o convite. Fazendo uma análise do que tem sido feito desde setembro de 2008, durante o meu mandato, eu posso dizer honestamente que eu não me arrependo.

3 –  Sendo  de Portugal,  está em seus planos expandir os programas de português nas nossas escolas? Você pretende criar novos programas?

 Eu vejo a Língua Portuguesa como uma língua proeminente que merece expansão nesta comunidade pela sua posição global como língua. Muitas pessoas não sabem que a Língua Portuguesa é uma das línguas mais faladas no mundo. Atualmente, a comunidade de falantes de português é um dos grupos minoritários de mais rápida ascensão no Sul da Flórida.

Miami-Dade County Public Schools têm hoje uma escola bilíngue (BISO) de português, Ada Merritt K-8 Center , e Miami Beach Senior High.  Quando os alunos da Ada Merritt se formam, eles já podem se matricular na Miami Beach  Senior High School, para continuar o curso de português. Após uma reunião com os representantes do consulado português, estamos explorando as oportunidades para oferta de português como língua estrangeira nas nossas escolas de ensino médio, assim como expansão de International Study Programs com base em Português.

O que estamos prestes a fazer , para o próximo ano, é uma análise do que funcionou bem e considerá-la como oportunidades para expansão. Algumas de nossas considerações são escolas com dormitórios,  como escolas preparatórias para faculdade com foco residencial para alunos. Estes alunos dormiriam na escola cinco dias por semana. Outra coisa que estamos considerando é dar ênfase aos programas bilíngues e provavelmente a expansão de centros de autismo. Uma possibilidade, também, seriam as escolas ou classes de um único gênero (somente para meninas ou para meninos), consolidar os K-8 Centers (centros de ensino fundamental ao médio) e investir na educação com conteúdo digitalizado.

4- Qual é o seu plano para reter os bons professores em Miami-Dade County Public Schools e impedir os estudantes de fracassarem ou abandonarem os estudos com os cortes no orçamento atual?

Os professores de Miami-Dade são uns dos melhores do país ou do mundo. O desempenho acadêmico dos alunos é uma prova disso. Temos comemorado os resultados NAEP (National Assessment of Educational Progress) TUDA  (Trial Urban District Assessments) de matemática, de leitura e ciências. As taxas de alunos formados estão subindo e estamos liderando a nação com estudantes de grupos minoritários participando em classes preparatórias para universidade (Advanced Placement)  e outros cursos avançados. Este tipo de sucesso não é obtido sem qualidade de ensino. Nosso plano para reter nossos professores começa no dia em que os contratamos. Buscamos as melhores e mais brilhantes mentes para se juntarem  à M-DCPS e depois oferecemos extenso apoio e orientação para estes professores que estão começando suas carreiras. Mais adiante, nós propiciamos oportunidades de aperfeiçoamento profissional e trabalhamos em parceria com universidades para oferta de cursos de pós- graduação, incluindo bolsas de estudo e reembolso de matrícula.

A segunda parte da sua pergunta aborda como nós pretendemos prevenir que os alunos fracassem ou abandonem os estudos. Eu sempre disse que o sucesso de cada aluno é importante e os programas, regras e regulamentos que temos em prática em nossas escolas e em todo o nosso distrito são provas disso. Durante toda a crise orçamentária, demos prioridade a proteger a sala de aula e os alunos. Temos protegido matérias como arte, música, línguas estrangeiras e muitos outros programas eletivos que, para muitos estudantes, são a razão pela qual eles permanecem na escola. Em termos de instrução, nossas escolas têm feito um trabalho excelente de focar nas necessidades individuais de cada aluno. Através do uso cauteloso de estatística, nossos educadores têm a capacidade de examinar o desempenho de cada aluno e assegurar que estes alunos recebam a intervenção adequada de que necessitam. O sistema de dados estatísticos em prática nas escolas, juntamente com o aperfeiçoamento profissional intenso para professores e diretores, têm criado um ambiente onde os alunos não devam fracassar. Muito pelo contrário, a eles estão sendo oferecidas diversas oportunidades para alcançar seu potencial pleno.

Please reload

Featured Posts

Ruth Broad Elementary School, em Bay Harbor Islands, tem after school program em português – Nosso Idioma

September 24, 2015

1/6
Please reload

Recent Posts

December 30, 2015

December 17, 2015