Português Dupla Face – Nosso Idioma

Recém-instalado na cidade por conta de um cargo importante, o holandês parou no quiosque da praia com um pedido banal: “water!”. Só que, no instante em que uma lata de cerveja gelada pousava a sua frente, um banhista lhe assoprou “água”. Pouco antes de matar a sede em São Sebastião do Rio de Janeiro, foi por causa da lembrança antiga do Latim aqua que compreendeu e repetiu assim: “á-gua”.

Entre os 249 milhões de falantes de Português no mundo hoje, 77% são do Brasil. Mas não é só pelo número de falantes que nos destacamos. A política, economia e cultura também impulsionam a Língua Portuguesa no cenário internacional. Alavancado por setores como educação, telecomunicações, serviços e administração pública, o Instituto Camões calcula que o valor econômico do nosso idioma corresponda a 17% do PIB de Portugal. No âmbito brasileiro, a Agência Brasileira de Promoção das Exportações e Investimentos (APEX) estima que os negócios realizados em Português tenham crescido 534%, entre 2004 e 2009. Se, no mundo lusófono, motivos de orgulho não faltam, qual é o peso da língua portuguesa para quem é de fora?

Não importa se eles vêm da Noruega, Estados Unidos, China ou de qualquer outro país. O fato é que todos estrangeiros são unânimes em afirmar que o maior choque para quem entra na cultura brasileira é a soberania da língua portuguesa no dia-a-dia das metrópoles. E mais: não falar o idioma local significa vestir o chapéu do “gringo que não entende nada”, em diversas situações, várias vezes ao dia. Como a falta de competência comunicativa continuada fica a um passo da perda da confiança pessoal e do próprio senso de identidade, o remédio é um só: aprender Português com urgência.

Por incrível que pareça, a partir dos primeiros manejos com as palavras e sons locais, um estrangeiro pode começar a reconstruir sua autonomia comunicativa e social. Continuado o processo, para muitos, a língua portuguesa é como uma área de experimentação e realização. E, justamente pelo avanço brasileiro no cenário atual, há quem diga que conquistar um “fluente em Português” no perfil profissional é a mais nova tendência.

Fonte consultada: Revista Língua Portuguesa, Editora Segmento, no. 72, out. 2011, pág. 36-42.Baseada no Rio de Janeiro e fundadora da Rio Total Consultoria, Denise Coronha Lima já trabalhou com profissionais de mais de 45 nacionalidades ensinando Português para estrangeiros e com treinamentos interculturais. Seu primeiro livro, Ensinando Português no Mundo Corporativo, foi publicado pela Qualitymark Editora.

Please reload

Featured Posts

Ruth Broad Elementary School, em Bay Harbor Islands, tem after school program em português – Nosso Idioma

September 24, 2015

1/6
Please reload

Recent Posts

December 30, 2015

December 17, 2015